5 dicas para adotar a venda humanizada e melhorar os resultados

4 minutos para ler

Você sabia que cada vez mais os consumidores estão em busca não apenas de produtos, mas principalmente de um bom atendimento? Nesse sentido, a venda humanizada ganha cada vez mais espaço e já se tornou uma tendência fortíssima. Esse tipo de contato é quando existe um cuidado maior do vendedor com o cliente — apenas para começar.

Além disso, as empresas que passam a ter esse tipo de aproximação com as pessoas também saem na frente. Afinal, quanto melhor o atendimento, maiores as chances de conquistar e fidelizar o consumidor. Sem contar na reputação positiva que a marca terá, além de seus colaboradores e equipes em geral. Ou seja, as vantagens são muito interessantes.

O que acha, então, de apostar na venda humanizada? Para ajudar, listamos algumas dicas que podem fazer toda a diferença. Confira abaixo e boa leitura!

1. Seja empático e agradável

Sabe aquela coisa automática de ver um cliente e já ir falando sobre promoções ou produtos em destaque? Pois é, deixe esse tipo de atitude no passado. O ideal agora é ser simpático, agradável e, principalmente, mostrar empatia.

Por exemplo, quando o consumidor está com dúvida no modelo de óculos para um presente. Vale a pena ter um diálogo mostrando que você também passa por isso, que sabe a dificuldade em tentar agradar com presentes. Mas, que conhece um modelo que geralmente agrada a todos. Isso é um ótimo exemplo de empatia, proximidade e de “eu entendo a sua dor”.

2. Estude formas de interagir com os clientes

Isso pode começar desde que o consumidor demonstrar precisar de ajuda. Não force um contato, mas se mostre a disposição nesse processo de venda. Seja oferecendo dicas valiosas, por um diálogo leve e descontraído, ou mesmo fazendo perguntas simples, como: você já nos segue nas redes sociais? Acha que tem algum modelo que valeria a pena darmos mais destaque?

3. Personalize o atendimento

Hoje, personalizar é aproveitar o melhor de um atendimento ao cliente. Uma venda humanizada precisa ser focada, feita sob medida, priorizando sempre o nome do consumidor. Mas, não apenas isso, é fundamental memorizar o que ele disse, seus gostos e desejos, para que o cliente perceba que está tendo todo cuidado necessário para atende-lo da melhor forma.

4. Se coloque sempre à disposição

Às vezes, o consumidor entra na loja, mas não quer ser atendido logo de cara. Ele precisa de um tempo para conferir os produtos, pensar, analisar. Porém, isso não impede você de fazer contato e dizer que está lá para o que precisar. Aproveite, inclusive, para dar um cartãozinho com telefone, site e e-mail, para que a pessoa saiba que pode procura-lo após a venda.

5. Conte com a ajuda da tecnologia

Se tem algo que pode ajudar em uma venda humanizada isso é, sem dúvidas, o uso da tecnologia. Seja o contato feito por meio do WhatsApp, telefone ou presencialmente, o uso de programas com análise de dados, por exemplo, garante uma diferença significativa na proximidade com o consumidor. Vale a pena apostar e ficar sempre de olho no que o software aponta!

Depois de conferir essas 5 dicas para a venda humanizada, lembre-se de evitar ao máximo ser importuno com o consumidor — como ir atrás ou segui-lo dentro da loja. Também não faça piadas ou comparações, mesmo que haja espaço para tais comentários. Não se esqueça de que humanizar é mostrar que você está ali de “igual para igual”, mas sem confundir com invasão de espaço.

Gostou do nosso material? Aproveite, continue a leitura e veja como aumentar as vendas!

Posts relacionados

Deixe um comentário