O que é lente multifocal e como se diferencia das outras?

3 minutos para ler

Você sabe o que é lente multifocal? Também conhecida como progressiva, é aquela que auxilia a enxergar de perto, intermediário e longe, possibilitando vários focos à pessoa por meio do mesmo par de lentes, o que exclui a necessidades de utilização de dois óculos diferentes.

Normalmente, são usadas por indivíduos com idade próxima ou superior a 40 anos, considerando que nessa etapa da vida alguns pacientes precisam corrigir a presbiopia, que é caracterizada pela dificuldade para visualizar de perto. No entanto, nada impede que pessoas mais novas precisem desse modelo de lente. Quer entender um pouco mais sobre o assunto? Então, continue a sua leitura!

Em quais aspectos a lente multifocal se diferencia da bifocal?

Além da lente multifocal, um modelo muito usado é a bifocal. Por isso, o ideal é que você entenda as principais diferenças entre elas.

Lente bifocal

  • conta com dois focos (perto e longe, com a presença de somente 2 distâncias focais);
  • tem aspecto semelhante a uma espécie de meia-lua;
  • é considerada ultrapassada pela tecnologia.

É bastante usada nos dias atuais, visto que alguns pacientes ainda apresentam dificuldades de adaptação às lentes multifocais.

Lente multifocal

  • Mais moderna que o modelo bifocal;
  • melhor estética;
  • abrangência de foco, já que podem ser usadas para visão de perto, intermediária ou longe;
  • desenvolvida em variados tipos de curvaturas.

Como se adaptar ao uso da lente multifocal?

Como já foi dito, algumas pessoas apresentam dificuldades ao iniciar a utilização da lente multifocal. Porém, existem algumas dicas para simplificar essa adequação e evitar qualquer tipo de desconforto.

Seja persistente

Não desista na primeira tentativa, afinal o cérebro precisa se adaptar para entender a nova maneira com que os olhos captam as imagens. Além disso, esse período de adaptação vai depender de um indivíduo para outro.

Mantenha a paciência

É possível que tenha certas dificuldades para executar algumas tarefas do dia a dia como dirigir. Para evitar qualquer tipo de risco à saúde e integridade física, o ideal é evitá-las de início.

Considere o grau de adição

Nos casos em que o grau de adição para perto é baixo, as possibilidades de se ajustar à lente multifocal são mais altas. Nas situações em que é maior, geralmente leva-se mais tempo para adaptação.

Fique atento aos campos de visão

Ao usar a lente multifocal, é preciso ter em mente que há uma transição dos campos de visão: perto, intermediário e longe. Sendo assim, a parte superior é para enxergar longe, e a parte central e inferior servirão para visualizar de perto.

Alterne o uso dos óculos com as lentes, se preciso

Também é possível alternar, no período inicial, a utilização dos óculos e lentes de contato multifocal. Mas o ideal é realizar essa prática somente quando estiver em casa, quando a armação no rosto propiciar um certo desconforto durante a rotina.

Agora que já sabe o que é lente multifocal, suas diferenças em relação à bifocal e como se adaptar de forma mais fácil, você deve contar com o auxílio de um especialista para ajudar na escolha do modelo mais para seu caso.

Achou este artigo interessante? Então, aproveite a visita em nosso post e conheça os tratamentos de lentes de óculos de grau.

Posts relacionados

Deixe um comentário