Sente que precisa mudar de profissão? Saiba como se planejar!

3 minutos para ler

Faça uma autorreflexão: a área em que atua tem dado boas oportunidades, um salário interessante ou é tudo aquilo que você sempre sonhou? Se uma ou mais respostas forem negativas, talvez seja o momento de mudar de profissão. Outro detalhe é se, por exemplo, tem notado que suas habilidades podem ser um ótimo sinal de uma carreira nova.

Aliado a isso, o que acha da área de varejo? As vendas B2C, ou seja, ligadas ao consumidor final, podem ser um caminho cheio de resultados para quem sonha alto! Vamos além, pois algumas empresas, como do setor ótico, sempre têm bom movimento de clientes, oportunidades de emprego, chances de crescimento e muito mais — já pensou?

Para ajudar você no planejamento para mudar de profissão, listamos algumas dicas que tendem a ser um diferencial nesse momento importante. Confira abaixo e boa sorte!

Analise o mercado

Para começar, analisar o mercado é fundamental para entender exatamente como é a nova profissão que pretende ingressar. Lembre de conferir empresas, o que geralmente pedem no processo de contratação, como são os produtos e serviços vendidos e se é um ramo com dinâmica o ano todo.

Invista na qualificação

Esse é, sem dúvidas, o segredo do sucesso. Qualificar-se, estar apto para encarar todos os desafios ao mudar de profissão é algo que chama a atenção de um recrutador, por exemplo. Procure cursos que ajudem a melhorar habilidades, aprender técnicas, e ensinar como se tornar mais desenvolto no que pretende fazer.

Crie uma rede de contatos

Enquanto faz o curso, uma dica valiosa é ir trocando contatos com colegas e professores. Afinal, eles também estão na mesma área em que você pretende atuar, e podem fazer a ponte entre outros profissionais importantes para o seu crescimento. Além disso, vale a pena entrar no LinkedIn e conhecer pessoas que trabalham na área.

Faça seu próprio plano de carreira

Imagine que, ao optar pelo segmento ótico, a ideia é ir caminhando aos poucos para trilhar uma ótima carreira. Assim, é importante pensar em metas. Por exemplo:

  • “daqui a X meses, pretendo estar em uma posição melhor”;
  • “dentro de X anos, posso tentar o cargo de gerência”;
  • “em X tempo, quem sabe, pensar em abrir meu próprio negócio“.

Tenha uma reserva financeira

Mudar de profissão requer coragem, mas também, planejamento — financeiramente falando, principalmente. Por isso, trace um objetivo com a data para começar o processo de transição. Ao mesmo tempo, guarde um dinheiro para não ter que se preocupar (ao menos nos primeiros meses) em entrar em uma nova carreira pensando no retorno imediato.

Agora, para mudar de profissão vale mesmo conhecer melhor o setor de varejo, como o ótico, que comentamos. Além de comercializar um produto tradicional e que se mantém mesmo em tempos difíceis, dá para encontrar empresas que ajudam na profissionalização.

Esse é o caso do Mercadão dos Óculos, com mais de 190 franquias espalhadas pelo Brasil. Pense a respeito e coloque esse plano em prática! Gostou das dicas? Se quiser saber mais sobre como podemos ajudar a sua carreira, entre em contato conosco!

Posts relacionados

Deixe um comentário